Baía de Todos os Santos - vista da Ladeira da Barra (foto: Renata Lea)
Baía de Todos os Santos – vista da Ladeira da Barra (foto: Renata Lea)

por Renata Lea

A EraTransmidia nasceu com a proposta de disseminar a transmídia mundo afora. Semana passada colocamos a ideia em prática intensivamente, hoje foi dia de regar as sementes lançadas em Salvador.

A primeira reunião da EraTransmidia SSA foi no Colégio Central e contou com cinco participantes: Geraldo Moraes, Solange Lima, Roberto Salles, Aléxis Gois e eu (Renata Lea). Além de conversar um pouco sobre a Associação, fizemos uma breve avaliação do Fórum Transmídia. A maioria considerou o tempo curto, o que levou a pinceladas de assuntos que mereciam ser aprofundados.

Como em um grupo fértil, tudo se transforma em aprendizado, foi daí que partimos para a troca de conhecimentos. Começamos discutindo como as ações multiplataformas estão tomando conta dos produtos de entretenimento. As pessoas assistem ao filme e buscam o título na internet esperando encontrar algo, mesmo sem saber o que. É fato: a extensão do universo já faz parte da expectativa da audiência. Some-se a isso os investidores, que têm outra postura diante de produções com potencial de sobreviver além do período de exibição. Solange contou um pouco de sua experiência com “Capitães de Areia”. O site e a história em quadrinhos derivada do filme foram fundamentais na negociação com os patrocinadores. Nas plataformas extras, eles viram claramente que a exposição da marca seria prorrogada por muito mais tempo.

Também conversamos sobre arqueologia transmídia, tema do livro que a EraTransmidia deve publicar em breve. Falamos do Carnaval de Salvador, fenômeno de engajamento popular. Até alguns anos atrás, a maioria das coreografias eram criadas por fãs que participavam dos ensaios das bandas. Geraldo contou sobre um filme que fez em 2000 a respeito dos Bandeirantes. Intuitivamente, ele expandiu o universo criando um livro de RPG e uma exposição com os figurinos. O RPG formou uma comunidade de fãs, e ele participou de eventos em que o público se encantava com as peças de roupa expostas.

Transmídia é mais que tendência, é uma prática cujas bases teóricas estão sendo construídas. Levar isso para as mais diversas praças é assegurar a democratização do conhecimento. Isso se torna ainda mais relevante quando o mercado dá sinais de valorização dos regionalismos. Solange salientou as mudanças que a Lei 12485 trouxe para o setor ao criar mecanismos de estímulo a produções regionais. Hoje, editais específicos para cada região do país são uma realidade e garantem não só novo fôlego em mercados fora do eixo Rio-São Paulo como a divulgação das mais diversas manifestações culturais do Brasil.

A riqueza da discussão que tivemos na primeira reunião da Era em Salvador preencheria muito mais linhas… Mas essa conversa não vai se esgotar em um dia, e a turma já está se preparando para um novo encontro.