De volta ao Senac, nossa reunião #297 trouxe uma pauta bem prática, que foi totalmente coberta.
Logo que o pessoal começou a chegar, a conversa (para variar) girou em torno de VR. Estamos ficando cada vez mais empolgados com o tema. Falamos de projetos da #EraTransmidia, especialmente das possibilidades que temos vislumbrado para o nosso filme, que será o grande momento de colocar em prática toda a teoria que estamos discutindo. Ainda hoje, quarta-feira, o grupo envolvido nesse projeto se encontrará para conversar sobre a pesquisa e fechar alguns pontos.

Oficialmente, a reunião foi aberta quando a turma que estava fazendo a cobertura do Proxxima chegou com informações frescas sobre o que foi discutido no evento. Jaque, Dimas, Arnaut Terra e André assistiram a várias palestras e colheram impressões interessantes – algumas delas serão temas de posts, aqui no site, nos próximos dias.Internet das coisas, inteligência artificial, moedas virtuais, data sicence, games, entre outros assuntos tomaram conta dos dois dias de evento. Um dos pontos destacado endossa algo de que já falamos há algum tempo: o branded content cocriado com o público foi levantado por alguns palestrantes, que frisaram a genuidade da ativação, esclarecendo que ela deve ser espontânea, jamais forçada ou induzida – é a empatia do público que deve dar start às ações.

Para quem esteve no Proxxima, o grande destaque foi a palestra sobre o fim do dinheiro, em que se discutiu as mudanças que o avanço digital trouxe para a nossa relação com o dinheiro. Os paradigmas estão em mudança galopante, e um dos participantes da discussão chegou a dizer que transações financeiras podem ser encaradas como mídia. Pois é, pessoal… o tema é rico e promissor, parece que ainda vamos ver Bitcoins e afins mexerem como o sistema econômico – assunto para outro post.

O próximo evento na agenda #EraTransmidia é o Festival Path. Ainda estamos aguardando as credenciais de imprensa, mas faremos o impossível para trazer a cobertura do que vai rolar nas ruas de Pinheiros entre 14 e 15 de maio. Serão atrações diversas e, por nossa conta, ficou uma das atividades gratuitas, como já contamos aqui. Em nosso espaço, no Instituto Tomie Ohtake, teremos várias empresas parceiras apresentando experiências de realidade virtual. A escala da equipe que participará dessa ação está quase pronta, quem quiser participar pode enviar uma mensagem ou comentar aqui.

Depois, a princípio, teremos dias mais tranquilo, duas semanas até nosso próximo compromisso. No começo de junho, a #EraTransmidia tem dois eventos programados, um em São Paulo, outro em Belo Horizonte. Entre 31 de mais e 02 de junho, participaremos, em Sampa, da Church Tech Expo, onde alguns membros da Associação #EraTransmidia farão palestras na manhã de 01/06. Um grupo maior vai se apresentar no MAX (Minas Gerais Audiovisual Expo), que acontece entre 01 e 05 de junho. Lá, além das palestras, teremos um espaço onde nossos parceiros poderão realizar demosntrações relacionadas ao tema do evento. As propostas de palestras já foram enviadas, estamos aguardando a resposta dos organizadores.

Olhando para trás, mas com a cabeça no futuro, estamos fazendo um clipping da cobertura da #EraTransmidia no SXSW, o que é fundamental para garantir nosso credenciamento na próxima edição. Na mesma vibe, falamos da nossa transmissão online do May 4th Be With You. Tivemos muitas visualizações, apesar de alguns problemas relacionados à conexão. A retenção foi baixa, mas isso ocorre nesse tipo de ação. A avaliação é positiva, e a ferramenta está aberta para nossos editores no Facebook. A ideia é aproveitar o recurso e enriquecer nosso conteúdo com transmissões que possam interessar a quem acompanha nossos posts

E assim foi a reunião #297. Na próxima semana, teremos uma noite diferente no Composto Coworking.