SXSW – onde o dueto criação-realização impera

South by Southwest 1987Logo da 1a edição do SXSW - 1987
South by Southwest 1987

Logo da 1a edição do SXSW – 1987

Chegou ao fim o primeiro dia do SXSW. Nove outros virão pela frente, mas sobre Austin já se pode dizer que é a cidade mais cosmopolita do mundo. Também reúne o maior número inovações por metro quadrado e é bem possível que, em suas ruas, esteja a maior concentração de pessoas com altos índices de criatividade e de capacidade de ação. Se o South-by chegou ao posto de evento mais top da indústria criativa, muito tem a ver com esse dueto.

Há 30 anos, quem andou por Austin no primeiro dia da edição de estréia do South by Southwest viu muita gente jovem em roupas descoladas, alguns carregando instrumentos musicais. Quem fez os mesmos caminhos hoje, viu um perfil de idade mais variado, ainda em roupas que primam pelo conforto, um instrumento musical ou outro, mas uma infinidade de devices eletrônicos.

Em 1987, o SXSW foi palco para sonhos de músicos, mas reservou momentos para conversar sobre o mundo das artes. Juntou ao sonho e ao romantismo que cercam a “vida de artista”, a vida prática. Assim, começou a nascer o espírito que cria lastros entre a criação e a realização. Em 2017, o equilíbrio entre criadores e realizadores impera ao lado da consciência de que um depende do outro.

Em 30 anos, o South-by criou uma atmosfera única, onde o futuro se constrói com lógica ímpar e emoção inquestionável. São paixões que geram soluções respaldadas por conteúdos discutidos num enorme espaço de partilha de conhecimento. A cada ano, os caminhos da inovação são sinalizados pelo que se discute nos salões do SXSW. Ali, chamas são acesas. Começam a nascer as criações que, nas próximas edições ocuparão os espaços de exposições e business do South by Southwest.

Shows, negócios, exibições artísticas, palestras… tudo se mistura durante o SXSW. Apenas um tema é tratado à parte, a educação. São três dias de atenções concentradas em discutir o assunto que garante que a roda continue a girar.

Em meio a tudo isso, música e cinema têm o destaque merecido para embalar sonhos alimentar a alma de cabeças que pensam o futuro. São conteúdos que sustentam um olhar sensível para as mais diversas questões. Toque que tempera a criatividade com consciência e faz do SXSW palco de soluções que nascem do desejo (e da confiança) de criar um futuro melhor.

Cobertura do SXSW by EraTransmindia
Renata Lea e Mariana Dias

 

Be the first to comment on "SXSW – onde o dueto criação-realização impera"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*


*

Translate »