A Associação EraTransmidia apresentou e discutiu ideias e conceitos sobre transmídia em dois eventos importantes no final de maio e início de junho. Os debates que sucederam as nossas apresentações proporcionaram uma troca de experiências valiosa, tanto com profissionais do mercado quanto com estudantes, e enriqueceram a nossa bagagem cultural.

Público na Semana de Muitas Mídias na ETEC Jornalista Roberto Marinho
Público na Semana de Muitas Mídias na ETEC Jornalista Roberto Marinho

O primeiro evento foi na Semana de Novas Mídias organizada pela ETEC Jornalista Roberto Marinho. O tema da mesa foi “Transmídia na produção audiovisual – Não basta produzir, não basta conhecer as multimídias! Crie conteúdos que engajam a audiência” e contou com a participação de Rodrigo Arnaut, Andre Campos Filippe e Karin Ludwig, membros da diretoria da Associação Eratransmidia. Apresentamos os conceitos de transmídia, cases multiplataformas e novas possibilidades para a divulgação de conteúdo. Por fim, discutimos as questões éticas e judiciais no storytelling que recentemente envolveram marcas brasileiras.

A conversa com os alunos foi muito proveitosa e todos estavam bem interessados nas ideias apresentadas. Também comentaram que adorariam participar de uma das nossas reuniões abertas, mas que ficaria impossível por causa do conflito com o horário das aulas. Seria esse um bom motivo para reuniões aos finais de semana? Se você não consegue participar também e adoraria um encontro aos finais de semana, nos envie um e-mail avisando!

Já no outro evento, participamos do II Congresso Panorama Audiovisual que aconteceu simultaneamente à Church Tech Expo no Centro de Convenções Imigrantes. No painel, contamos com a participação de Andre Campos Filippe (EraTransmidia), Edison Morais (NBS), Rochelle Britto (New Content) e Sergio Lopes (Conteúdos Diversos). Discutimos características do profissional conectado, as novas mídias, as técnicas e cases transmídia para tornar produtos, marcas ou serviços relevantes e interessantes no mercado.

Percebemos que a maioria da plateia era formada por pessoas que não eram de São Paulo, sinal de que há muito interesse pelo assunto pelo Brasil. Quando abrimos para discussão, tivemos um feedback muito positivo logo no início: o nosso painel apresentou conceitos inovadores que poucos conheciam. Como a Church Tech Expo ocorria simultaneamente, muitas das perguntas foram sobre como adequar os conceitos apresentados para segmento religioso.

Ambos eventos foram incríveis e a participação do público foi essencial. Agradecemos aos organizadores pelo convite!